Seja Bem Vindo! Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2017
Notícia » Curiosidades » Animal
19/03/2013 às 16h38min - Atualizada em 19/03/2013 às 16h38min
Aquarismo, um hobby especial
Confira as dicas para iniciar essa fantástica experiência

As dicas serão do rotariano Ulysses Gomes Ribeiro, que selecionou os mais fáceis para os iniciantes cuidarem e que vivem bem em aquários comunitários (com várias espécies juntas).

 

Nome popular: Acará Bandeira Altum

Nome científico: Pterophyllum altum

Ordem: Perciformes Família: Cichlidae Subfamília: Cichlasomatinae Tribo: Heroini

Habitat: América do Sul – Bacia Amazônica (Brasil, Venezuela e Colômbia)

Parâmetros da água: pH: 5,5 a 6,8 dureza: até 8 dH temperatura: 26º a 30ºC correnteza: leve e constante

Características: tamanho máximo: 20 cm sociabilidade: grupo agressividade: pacífico (territorial) manutenção: fácil

Aquário: tamanho mínimo: 200 litros local preferido: meio (às vezes também fica perto da superfície)

Alimentação: Na natureza são onívoros, com dieta básica de zooplâncton e peixes pequenos. No aquário aceitam muito bem rações em flocos (à base de carne de peixe e vegetais) e alimento vivo (artêmias, dáfnias, larvas de mosquito, enquitréas e alevinos).

 

Nome popular: Apisto Cacatuóides

Nome científico: Apistogramma Cacatuoides

Ordem: Perciformes Família: Cichlidae Subfamília: Geophaginae Tribo: Geophagini

Habitat: América do Sul – Bacia Amazônica (Brasil, Colômbia e Peru). Afluentes dos Rios Ucayali, Amazonas e Solimões. Rio Pachitea, Tabatinga, Uru-bamba e Tambo. Lago Matamata no Perú.

Parâmetros da água: pH: 6,5 a 7,5 dureza: 4 a 15º dGH temperatura: 25º a 28º C correnteza: leve

Tamanho máximo: 9 cm (fêmea 6 cm) sociabilidade: casal agressividade: pacífico (territorialista com machos da mesma espécie) manutenção: fácil

Aquário: tamanho mínimo: 100 litros local preferido: fundo (com esconderijos naturais: pedras, plantas etc.)

Alimentação: Onívoro. Rações para ciclídeos, rações em flocos, artêmias e alimentos vivos, principalmente larvas de mosquito. Normalmente vai à superfície se alimentar com os demais.

 

Nome popular: Mato Grosso

Nome científico: Hyphessobrycon eques

Família: Characidae

Habitat: América do Sul – Vive desde a Amazônia até o Sul do Brasil, Paraguai, Bolívia e Pantanal do Mato Grosso. Encontra-se ainda nos rios Paraná e Paraguai.

Parâmetros da água: pH: 5,5 a 7,4 dureza: 3 a 10 dH temperatura: 24º a 28ºC correnteza: leve ou média

Tamanho máximo: 4 cm agressividade: pacífico manutenção: fácil

Sociabilidade: grupo mínimo de 8 exemplares. É um peixe bastante ativo e rústico. É perfeitamente normal “perseguições” entre eles devido à constante disputa hierárquica do grupo.

Aquário: tamanho mínimo: 80 litros local preferido: meio e fundo

Alimentação: Onívoro. Sua dieta é basicamente carnívora aceitando rações em flocos, alimentos congelados, pequenos crustáceos, larvas e insetos.

 

Nome popular: Rodóstomus verdadeiro ou Rodóstomus de Belém

Nome científico: Hemigrammus rhodostomus

Ordem: Caraciformes família: Characidae Subfamília: Tetragonopterinae

Habitat: América do Sul – Amazonas, Pará e Rio Orinoco na Venezuela.

Parâmetros da água: pH: 5,0 a 6,6 Dureza: até 4 dH Temperatura: 24º a 28ºC correnteza: leve ou média

Tamanho máximo: 5 cm agressividade: pacífico manutenção: fácil

Sociabilidade: grupo mínimo de 10 exemplares. Um dos mais bonitos representantes dos Tetras e também o mais cardumeiro.

Aquário: tamanho mínimo: 100 litros local preferido: meio

Alimentação: Onívoro. Aceita facilmente alimentos vivos, rações e alimentos congelados.

 



Fonte: Sérgio de Castro
2407 Exibições
Comentários

nenhum comentário cadastrado!

Deixe seu comentário:
Nome:
Email:
Cidade/Estado:
Sua Mensagem: