Seja Bem Vindo! Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Notícia » Pessoas » Notícias
29/08/2017 às 17h49min - Atualizada em 29/08/2017 às 17h49min
Comunidade, Rotary e Ecologia
Em busca de umm mundo melhor

Prefeito Doria neste fim de semana executou várias importantes ações na região de Pinheiros.

Na foto  com Sérgio de Castro no hasteamento da bandeira Brasileira no Ibirapuera.



Na Sabesp, no Reservatório do Alto do Sumaré, plantio de árvores , iniciativa do Rotary Club de São Paulo-Oeste, presidido por Alberto Carlos Salvador Gamboggi Segreto, com o apoio do Pároco do Santuário de Nossa Senhora de Fátima, Frei José Maria Botelho

Por iniciativa do Vereador Paulo Frange, a Câmara Municipal de São Paulo, em sessão solene, outogou o Título de Cidadão Paulistano ao rotariano, Humberto Coelho Neto e Silva,  Presidente e mentor do grandioso trabalho em  prol da Saúde Pública, visando a erradicação da Hepatite no país e no  mundo.

Destacaram-se no evento, o Governador Nadir Zacarias, os famiiares e amigos do homenageado, entre eles o Curador da Fundação Rotária de Rotary International, Mário Cesar Martins de Camarago, com apresentação impecável sobre a história e trajetóra do Humberto,  os projetos de sucesso da Fundação Rotária e a  certeza de que sua ação beneficiará ainda mais, no futuro,  muitas comunidades e pessoas no mundo,inteiro.

Paulo Frange ao encerrar a reunião expressou a sua enorme sataisfação em ter contribuido para o êxito desta belísssima cerimônia

Asociação Paulista de Fundações, presidida por Dora Silvia Cunha Bueno, realizou o grandioso evento que caracteriza as promoções da entidade. Sobressaindo um amplo debte sobre Complancie, conhecimentos práticos de algumas das melhores empresas do mundo, adotando medidas de correção e ética, em todos os setores, todos, sem exceção, nas empresas, no estado, no terceiro setor e também nas Instituições Religiosas.

 

 


Publicamos fotos e testemunhos  valiosos.


Carta Aberta

Presidente Brasileiro,  Logo 

Em 1978 tive a oportunidade de trabalhar com  o Convocador e Coordenador, do primeiro Instituto, em Campos do Jordão, respectivamente Paulo Viriato Correa da Costa e Maximiliano Ferber. A seguir participei de quase todos como jornalista e depois de minha aposentadoria na Fundação de Rotarianos de São Paulo, como rotariano;  o Presidente da época, o grandioso rotariano José Ermírio de Moraes Filho não apreciava seus funcionários e gestores serem  rotarianos. Como funcionário e após a minha aposentadoria, fui convencido por Nelson A. Célico, uma legenda do Rotary paulista para ingressar em 1990 no Rotary Club de São Paulo-Sumaré na maior organização de serviços voluntários do mundo Instituição à qual servia desde 1953, como funcionário, gestor e editor. Em ambas situações,  escrevi e fotografei muito. Vivi com "ardor rotário" como dizia e escrevia Manoel Gutierrez Durán, o intelectual Governador na década de 60, justo orgulho do rotarismo de São Caetano do Sul.

Fico admirado e decepcionado com o  implacável fato de não ter sido eleito,  faz muito tempo ,um rotariano brasileiro para dirigir o Rotary mundial

Todos sabem muito bem, mas vamos lembrar: Em 1923 o Rotary surge no Brasil,  em 1924 o primeiro clube adicional, respectivamente  Rio de Janeiro e São Paulo. Em 1940 é eleito Presidente, Armando de Arruda Pereira, portanto após 16 anos: Em 1975, o segundo Presidente, Ernesto Imbassahy de Mello, portanto 35 anos transcorridos  e Paulo Viriato Correa da Costa em 1990. Até 2020 não será possível, portanto  serão completados 30 anos. É muito mais do que cristalino, a pujança do rotarismo brasileiro  clama para a eleição de outro brasileiro.
Almejamos, que entre os mais importantes temas que serão discutidos, avaliados e aprovados em  Atibaia, neste Município que ostenta o galardão de possuir um dos melhores climas do mundo, acolhidos no Suntuoso Bourbon de Atiabaia, os nossos dirigentes e rotarianos possam equacionar com sabedoria e encontrar caminhos e veredas para que um nome brasileiro seja finalmente eleito para dirigir o Rotary mundial novamente.

Agradecendo a sua atenção, subscrevo-me,
Cordialmente,

Sérgio de Castro

 

Mensagens de Rotarianos

***********************************************

Estimado companheiro Sérgio de Castro,
Fico honrado com a sua especial atenção e com sua amizade.
Considero-o o maior conhecedor do rotarismo de São Paulo, quiçá do Brasil.
Estou de pleno acordo com a sua opinião, está na hora de termos um brasileiro como Presidente de RI.
Vamos falar com o Colégio Brasileiro de Diretores, em Atibaia,  e verificar qual o caminho para essa indicação.
Saudações Rotárias,
Salvador Strazzeri, Governador Distrito 4430


***********************************************

Para o rotarismo nacional, a eleição de um Presidente Brasileiro, seria uma expressiva conquista e mais  uma injeção de ânimo, entusiasmo e revitalização no quadro associativo.

Seria também uma confirmação do elevado status que o Brasil conquistou e ostenta no cenário mundial do rotarismo, onde através de suas qualificadas lideranças, sempre dignificou a filosofia e o prestígio de Rotary.
Se houver no Instituto espaço para enfrentamento de tema tão importante, gostaria de assistir e participar.
Um abraço cordial,
Fernando Magnus - Porto Alegre - RS.

***********************************************


Estimado Companheiro e Amigo Sergio 
Recordar é viver.Passamos Bons momentos juntos
Parabéns por sua iniciativa
Lance a ideia no Instituto sim
Abraços 
 
***********************************************
 
Caríssimo amigo Sérgio
Comungo de suas idéias e ideais quanto à posição do rotarismo brasileiro no concerto das nações rotárias em relação á indicação de um Presidente Brasileiro de Rotary.
Oxalá tenhamos, nós rotarianos, a luz de encontrar uma solução para tantas  ostentações de egocentrismo e dissidências intestinas que impedem esse desiderato.
Forte abraço,
Luiz Coelho


***********************************************

Uma tese elogiável.
Abraço.

Nelson Weingrill
 

***********************************************

Para o rotarismo nacional, a eleição de um Presidente Brasileiro, seria uma expressiva conquista e mais  uma injeção de ânimo, entusiasmo e revitalização no quadro associativo.
Seria também uma confirmação do elevado status que o Brasil conquistou e ostenta no cenário mundial do rotarismo, onde através de suas qualificadas lideranças, sempre dignificou a filosofia e o prestígio de Rotary.
Se houver no Instituto espaço para enfrentamento de tema tão importante, gostaria de assistir e participar.
Um abraço cordial,
Fernando Magnus - Porto Alegre - RS.

***********************************************

Caríssimo Amigo e Xará Sergio de Castro.

Não imaginas quão confortador receber esta sua mensagem permitindo-me relembrar de amigos que - de fato - promoveram uma imensa Diferença no Rotarismo Mundial e Brasileiro.
Sua proposição é eivada de uma imensidão de "Bravos".
Pena que o movimento rotário no nosso país possa ser comparado a um Motel onde a rotatividade inibe que os rotarianos percebam o valor dos líderes que chegaram á posição para serem levados à Presidência.
Louvo a sua proposta mas isso depende do gráu de desprendimento do Colégio de Diretores.
Será um imenso prazer abraçá-lo em Atibaia para me permitir aprender com toda a sua extensa experiência.
Por enquanto, receba meu sempre afetuoso abraço
Sergio Levy
PS: caso possa interessar ao amigo o Tema "Ética e Cidadania" compareça ao Grupo de Discussão onde estaremos presidindo e moderando e seja parceiro da História que desejamos imprimir.
 
***********************************************
Obrigado Sérgio pelo e-mail. 
Vamos torcer para que isso aconteça.
 
Abraços 
Pedro Durão 


***********************************************

 

 

***********************************************



Fonte: Sérgio de Castro
644 Exibições
Comentários

nenhum comentário cadastrado!

Deixe seu comentário:
Nome:
Email:
Cidade/Estado:
Sua Mensagem: